O álcool e o consumo de combustível nos carros portugueses!

É a minha nova teoria, que até faz bastante sentido..pelo menos na minha cabeça…

Exemplificando…imaginem que bebem umas valentes cervejas…umas 4 ou 5 médias…mais umas 10 minis ( ou mais )… e outras tantas imperais…quando pegarem no carro, sabem decididamente que estão com os copos, então o que é que se se faz? Abre-se o vidro, põe-se a música alta, fuma-se e vai-se super devagar para casa… Chega-se a casa, ronca-se e fica-se preparado para outro dia de trabalho…

No entanto quando se pega no carro de manhã, olha-se para a média apresentada no painel de instrumentos e lê-se 6,7 L/100 Km….em vez dos tradicionais 6,2 / 6,1 L /100 Km…

Mas um gajo vai tão devagar para casa…como é que é possível, que a média tenha aumentado tanto? Até que um tipo se lembra, que se calhar tentar arrancar em 3º não é lá grande ideia, para além de outras tantas alarvidades feitas, tais como, reduções à campeão…esticanços que não devem ser feitos etc etc..(mas tudo a baixa velocidade por causa do que foi mencionado acima ).

Quem é que concorda com esta nova teoria?

Se esta teoria, estiver correcta, significa que para baixarmos os consumos dos nossos carros, basta parar de beber…e assim levamos as gasolineiras e o estado à falência num instante..

Presumo que conheçam aquele email, que por aí anda a circular, que diz para toda a gente não por gasolina/gasóleo em certas marcas…pois bem, eu digo: Deixem todos de beber álcool durante 1 mês…a ver se eles não baixam logo o preço dos combustíveis!!!

Um bem haja a todos…

PS: Como é lógico, isto é tudo uma hipótese, e nada disto aconteceu…até parece que eu bebo álcool! Aqui no corpo danone do Je, só entra água.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>