Grand Bahia Principe El Portillo

Foi neste hotel que fiquei, nestas minhas férias ( curtas a dar com um pau.. diga-se de passagem.. devia ter lá ficado umas 2 semanas ou coisa parecida..isso sim..  ), estive lá de 23 de Julho a 28 de Julho, saí do hotel às 11 da manhã de dia 28 e cheguei cá dia 29 às 4 e tal da matina…

E o avião foi e veio completamente cheio tanto para cá como para lá…sem um único espaço disponível…

Fui com a White e para os que gostam de aviões, fui num Airbus A310 – 304 ( o número 2 para quem for ver a lista dos aviões deles na wikipedia ), e voltei no mesmo.. a viagem foi boa…o piloto para lá não sabia aterrar… quando estávamos a aterrar deixou simplesmente cair o avião na pista..alta solavanco…ainda ouve uma senhora que largou um “ai jasus”..e depois tudo a bater palmas…é o costume.. eu da próxima vez que andar de autocarro quando chegar à minha saída vou bater palmas a alto e bom som…

Para cá a viagem também foi super tranquila..e a aterragem sempre foi bem melhor..

O atendimento a bordo foi bom, a comida não era má de toda…tudo dentro do normal e sem problemas de maior.. notei que as hospedeiras para lá eram mais giras do que para cá..mas enfim..não se pode ter tudo…

Viagem para lá foi cerca de 8 horas ( fomos directos para o aeroporto de Samaná ), e para cá cerca de 7 horas… e mesmo assim para cá custou que foi obra..

Grand Bahia Principe El Portillo

O hotel fica em Samaná, e é banhado pelo Oceano Atlântico.. apesar de ser banhado pelo Atlântico a água é bem mais quentinha que a de cá..

Ficam aqui com um vídeo do hotel que está no Youtube:

O hotel era fabulástico, a comida era excelente, a praia óptima ( embora fosse díficil de arranjar sombra… o pessoal marcava sempre as cadeiras com as toalhas logo de madrugada )…

A praia só tinha uma coisa má…também foi azar com a altura…a maré começava a esvaziar de manhã… e à tarde já tínhamos água só pelos tornozelos… ou seja para nadar era impossível.. só se fossemos logo de manhã cedinho… e como a praia tinha bastantes corais torna-se praticamente impossível de dar umas braçadas a partir das 11 da manhã…

A zona é do melhor para o tipo de férias que eu queria… ou seja estar de papo para o ar, fazer praia, comer e buer… mais nada… embora o hotel faça algumas actividades, dançar salsa, merengue ( estão-me a ver a dançar isto não tão? ), jogo da ferradura, setas etc etc etc… mais nada se passa naquela terra..

À volta não existe absolutamente nada…

O hotel tem discoteca, mas de certeza absoluta que deve ser só merengue e o camandro.. eu nem lá pus os pés dentro…

Interessante mesmo foi segunda-feira passada ter passado quase uma hora inteira dentro de água a chover torrencialmente… bem bacano..e na água estava-se melhor que cá fora..

Passando então ao que interessa… gajedo pois claro.. o que é que haveria de ser…

Homem que é homem, seja ele solteiro, casado ou whatever, chega ao aeroporto e começa logo a ver o que é que se passa na fila do check-in…

Primeiras impressões:

- Miúda nova, com um irmão e uma irmã menores, com os pais a passar a bela das férias de família… vai ser a moçoila A ( de Lisboa ).

- Casal de miúdas, uma bem gira e outra com cara de bardajona à grande, são o casal moçoilas B.

- Filha única, de férias com o pai e a mãe, moçoila C.

- Super modelo ( já bronzeada ), de férias não sei com quem, moçoila D.

- Casal em lua de mel, ela ar de enjoada que até metia nojo, ele com ar de tanso à grande ( do Porto ), casal F

- 3 casais de férias, do Norte, e todos eles broncos a dar com um pau…mas as mulheres até que eram bem jeitosas.

- Grupo de 5 gajas ( uma delas brasileira ), mais um maricas, todas malucas à procura de festa nas férias, vai ser o grupo E ( do Porto ).

Por sorte estes que aqui mencionei foram todos para ao mesmo hotel que eu..

Moçoila A, tinha uns enormes seioooossss… falsos com certeza..mas enormes mesmo assim…bastante receptiva aos olhares… mas andava sempre com o irmão mais novo atrás…e tinha um fato de banho da TMN… vocês completam o resto..

Moçoila C, bem querida, só que menor de idade.. e menina de piscina ( um dos pouco sítios onde havia rede no telemóvel ), e sempre que lá passava para ir buscar o meu Bahia Principe ( Vodka, Gin, Blue Corázon, sumo de limão e duas pedrinhas de gelo ), lá estava ela agarrada ao telemóvel a mandar sms’s…

Moçoila D, esta era tudo numa só, gira e bem jeitosa, já bem bronzeada…mas esta nem me dava hipóteses, olhava sempre de cima para mim, mesmo ao estilo… sou boa demais para ti… e verdade seja dita até que era… um gajo tem que saber os limites.. mas não me impedia de me deliciar com a vista..

Grupo E, pensei eu que me ia entreter com este grupo..enquanto a velha fazia praia ou coisa parecida… mas ainda bem que não…

Mal chegámos ao quarto, vimos logo que estava mal… era uma cama de matrimónio ( como lhe chamam os espanhóis ), toca de ir à recepção e pedir para trocarem as camas ou mudar de quarto.. encontramos o casal F na recepção, com ela a queixar-se que não tinha lá os cisnes feitos com toalhas a enfeitar a cama… ó por amor de deus…mas para que raio é que querem os cisnes em cima da cama? Estão em lua de mel, toca é de desfazer a cama, e toca de saltar para cima dela como se não houvesse dia seguinte…isso sim… já estou a imaginar os dois de pé à frente da cama a olhar para os cisnes.. “Ai tão bonitos que eles são, agora dormimos no chão que é para não os desfazermos…” enfim… cada um com a sua panca…

No dia depois de termos chegado ao hotel, tivemos a reunião com a representante da Soltour Sílvia ( qualquer coisa ) extremamente simpática e super prestável a senhora… e mal ela falou da mamajuana ( bebida que faz bem a tudo, e dizem eles os dominicanos, e que também dá poder sexual ao homem ), o grupo E ficou todo em brasa.. fiquei logo a perceber o que é que elas andavam atrás…

Sensivelmente a meio da reunião com a representante da Soltour, aparece o Leando Casanova.. e quem é esta caramelo? Um dos animadores lá do hotel…pois claro que tinha de ser um gajo parvo a dar com um pau… mais eléctrico que um poste de alta tensão…sempre que o via estava a fazer palhaçadas, fez-me logo desconfiar.. é impossível um gajo andar assim o dia inteiro, é que estava sempre na palhaçada…

Como é lógico as tipas do grupo E, afiambraram-se logo ao gajo…é que foi logo tiro e queda..nem estava à espera de outra coisa..

Entretanto lá foram passando os dias… fui trocando olhares com a moçoila A e apreciando a vista…

Entretanto a bardajona e a gira das moçoilas B juntaram-se ao grupo E.. o que deu bom resultado…em vez de serem 5 histérias, passaram a ser 6, a gira das moçoilas B não era histérica, e a moçoila D entretanto também se juntou..

Ao grupo E, juntou-se também um jovem de 20 anos ( do Porto ), que tinha ido de férias com a mãe e a sua irmã mais nova… coitado que este sofreu que foi uma coisa parva..

Então as gajas do grupo E, pegaram nele uma noite e levaram-no para a discoteca do hotel… pelos vistos pregaram-lhe uma bebedeira de tal maneira, que eram 4 ou 5 da manhã e estava o gajo deitado no chão à porta do quarto, com elas todas à volta a rirem-se, e a mãe a dar-lhe chapadas para ver se ele acordava do suposto coma alcoólico ( que não estava felizmente )…

Passou o dia seguinte a água e copos de leite… quando a mãe dele estava a contar isto.. eu só me ria à grande… ( o gajo precisava era de ir para um curso de homens )… passado o dia da ressaca extrema era vê-lo a fazer massagens aos pés às meninas do grupo E… olha que simpático hein? Ou seja, usaram e abusaram do gajo à grande…e ainda por cima ele não comeu nenhuma… como é que sei? Dava para ver… o gajo estava desertinho…e elas nem por isso… principalmente a brazileira com quem ele se estava sempre a meter…e para quem ele vomitou em cima… enfim… meninos….

Entretanto no dia que choveu torrencialmente, tive na conversa com mãe e filha ( lá do Norte carago ), simpáticas as duas…a filha também com uns calções de banho TMN ( espectaculares mesmo ), só que a filha tinha passado agora para o 12º ano… ou seja uma míuda de 16 ou 17 anos..

Fiz o passeio de moto 4, foi o único que fiz.. nada de fabulástico.. só andar a passear de um lado para o outro, cruzar um rio com água no máximo pela canela.. foi lá que tive com 2 dos 3 casais do porto os que eram broncos a dar com um pau… também tive na conversa com outro casal do norte que não estavam com estes, e estes sim… 5 estrelas…gente como deve ser…

E estávamos todos a vir embora à porta do hotel à espera de embarcar nos autocarros.. vem a equipa de animação fazer a despedida com o palhaço da Casanova… e desata a gira das moçoilas B a chorar que nem uma perdida… mas a chorar forte e feio… até chegou a soluçar… enfim… era muito sensível a moça..

E pronto… foi a história das minhas férias maravilhas… onde não fiz absolutamente nada e onde apanhei um valente escaldão na perda direita, e por cima da almofada do amor… de resto tive sempre bem..

Um bem haja a todos..e para quem ainda não foi de férias… boas férias…

PS: Os hotéis na República Domininicana evoluiram…é que agora já dão pulseiras de cor diferente ao pessoal que é menor de idade, maiores de idade é laranja, menores de idade é azul… o que é sempre bacano… cá também podiam fazer o mesmo, assim um gajo não se supreendia ao perguntar a idade na manhã seguinte..dava logo para fazer a escolha mal se olhasse.. por isso é que eu sei tão bem quais eram as maiores de idade e as que não eram…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>