A festa do caloiro já não é o que era…

Pois bem, para aqueles que não sabem, a semana passada foi a Semana do Caloiro na FCT..

Ora para quem andou na FCT, sabe que a Semana do Caloiro era algo imperdível, era aquele evento onde todos os dias havia festa à noite, com montes de actividades durante o dia, tais como o Rally das Tascas, o tribunal do caloiro, etc etc…

Que culminava com a grande festa do caloiro, que atraía gente de toda a região de Lisboa e arredores, era uma festa que era fantástica, e provavelmente a razão pela qual atraía tanta gente, era por causa do campus da FCT, ser uma coisa enorme, e onde havia espaço para se estar à vontade..

Este ano as coisas já foram bem diferentes…

Deixa já por aqui o mapa para as pessoas se safarem:

planta-campus

Antigamente a festa do caloiro era realizada na Cantina e em toda a área envolvente que era limitada pelo Edifício 1 ( E1 ) e pelas estradas à volta…

Para mim, estudante e participante assíduo na festa do caloiro, esta zona era ideal, por exemplo queria ir soltar a franga com um som da pastilha, bastava-me dirigir ao convívio. Queria ir ouvir um rock, ia para um dos lados da cantina. Queria ir para o chillout, ou ia para o outro lado da cantina, ou para a tenda que havia cá fora…

Sentia-me com coragem, para desafiar um caloiro meu nos cotonetes, ia lá para fora e siga para bingo..queria impressionar as míudas, montava-me no touro mecânico, e tentava aguentar-me mais de 5 segundos..

Queria-me sentar para descansar as pernas, bastava ir lá fora, e procurar um bocado de passeio…. ou até uma mesa de um dos bares que estava cá fora.. onde acabava sempre por encontrar alguém e ficar na palheta…

E as senhoras da cantina a venderem comida à malta as 4/5/6 da manhã com o pessoal cheio da fomeca, e elas que nos aturavam durante o dia, estavam também ali connosco à noite, a rirem-se de nós e connosco..

Este ano, a coisa já não foi bem assim… lá se reuniu a malta e foi tudo jantar ao “Chafariz do Monte” ( recomendo vivamente, comeu-se bem, bebeu-se melhor e o serviço foi impecável e por 16€ não se pode pedir muita coisa )…

Depois do pessoal já estar “quentinho”, toca de ir até ao “Divina Gula” ( bar ao pé da FCT muito boa onda também ), onde o dono do bar é um porreiro… foi sol de pouca dura porque até a mim a GNR me veio chatear, estou eu e mais o meu grupo ( 8 pessoas ), e mais 4 gajos que foram de Electro, tudo em grupos de 4 ou 5 na palheta, tudo na conversa na descontra à frente do bar… e não estávamos assim tão “quentes” para estar a fazer muito barulho.. chegam lá ao pé de mim, dentro do carro, “Boa noite, não quero ajuntamentos,é que nem consigo passar. Ou se vão embora ou vão para a festa…”, enfim… paga o santo pelo pecador como se costuma dizer.. ( curioso foram logo 2 carros patrulha para lá ), o estranho é que nem sei para onde é que eles queriam ir, é que 20 metros à frente a rua acabava…

De seguida fomos para festa, chegamos ao recinto e jasus… onde é que é a festa do caloiro, aquele acontecimento que era uma coisa simplesmente brutal! Este ano foi no estacionamento do Edifício 7 ( se olharem para o mapa é aquela estacionamento abaixo do EVII ), começamos a olhar cá de cima, e vemos uma tenda gigante à pinha ( mas completamente à pinha ), e cá fora uma barraca de cerveja, uma barraca de pães com chouriço, uma coisa qualquer da Malibu, e uma cena do NAVE ( Associação Nova Aventura ) onde se podia fazer slide, para aí 10 “toi toi” e mais nada, só recinto de terra batida!

Ora que tristeza meus amigos, o que era a festa do caloiro e o que é a festa do caloiro! Desvirtuaram por completo aquilo que para mim era uma das melhores festas na faculdade!

Não havia touro mecânico, nem cotonetes, nem Sumo com aqueles bonecos grandes a dar com um pau… não havia nada, a não ser uma tenda e um espaço só de terra batida com gente ao molho… não havia sítio para a malta se sentar e estar na palheta na conversa enquanto bebia a sua imperial na desportiva..

Para mim foi uma desilusão de proporções épicas! A malta acabou por nem entrar no recinto… não íamos pagar 8€ para estar a comer pó..

Agora eu percebo que para a organização seja bem mais fácil organizar isto, então a nível de segurança deve ser uma coisa bestial, mas para mim, mudaram para pior e de que maneira! Ou então é a malta que já está velha, e já não tem pachorra para estas coisas… o que eu duvido muito!

Um bem haja a todos..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>