Afinal a liberdade de expressão não é para todos..

A bronca estalou, mas foi lá para os lados da Mozzila ( os que estão à frente do desenvolvimento do Firefox, para quem não sabe, e de mais umas coisas ).

É que dia 24 de Março, foi nomeado como CEO o Brendan Eich ( o criador do Javascript, vénia, ou pelo menos umas palmas ), no entanto dia 3 de Abril, já o rapaz se tinha demitido. E aqui é que entra a questão da liberdade de expressão à grande mesmo!

mozilla_wordmark_resized

Pelos vistos o senhor Brendan Eich, não concorda com o casamento Gay, e doou $1,000 para a “Propositon 8″ ( aquela proposta para banir o casamento Gay na Califórnia ). E no momento em que se tornou CEO, ouve uma quantidade de comentários no Twitter a pedir a demissão dele por muitos trabalhadores da Mozzila.

Isto vindo de uma empresa que e passo a citar:

“Mozilla believes both in equality and freedom of speech. Equality is necessary for meaningful speech. And you need free speech to fight for equality. Figuring out how to stand for both at the same time can be hard.”

Então onde é que está a liberdade de expressão? Porque é que ele acreditar em algo que é diferente do que eu acredito é errado? Ele não tem direito à sua opinião? Pior, desde quando é que o que ele acredita afecta o trabalho que ele faz, ou afecta a sua relação profissional com o resto da malta da Mozzila? Estamos a falar de alguém que já deve ter falado com milhares de pessoas de todos os tipos e feitos, e que se ele fosse uma pessoa que misturasse o trabalho com a sua opinião pessoal de certeza que já se tinha notado…

Portanto, com que direito é que os trabalhadores da Mozzila, têm de pedir a demissão de alguém baseado na sua opinião sobre um assunto? Onde é que está a liberdade de expressão e a igualdade que eles tanto apregoam? Se eles não respeitam a opinião pessoal do novo CEO só têm de a respeitar, não é fazer beicinho e começar a pedir demissão dele.

Pior ele até fez um comunicado sobre o assunto, no entanto continuaram as críticas.

Até houve quem propusesse boicotar o Firefox por causa dele, WTF!?, isto não faz sentido nenhum.

Ultimamente, parece que quem tem uma opinião contra o que está na moda agora, merece ser completamente excluído de tudo, e pelos vistos também do trabalho. E se tens uma opinião diferente da minha não vales nada.. cada vez mais isto se parece uma ditadura do que uma democracia..

Mas afinal podemos acreditar no que queremos ou não?

E sim, mas ser gay parece que é moda agora, a sério, com as cenas que leio e vejo.. jasus.. faz-me cá uma confusão.. ( e perdoem-me aqueles que ficarão ofendidos com esta afirmação, mas sinceramente é o que me parece )

Em relação à minha opinião pessoal como um jovem heterossexual, não me interessa se um homem gosta de homens, se uma mulher gosta de mulheres ou se gostam de tudo ao molho e fé em deus ( como se eu fosse católico ), é preciso é a malta ser feliz, e pinar como se não houvesse amanhã.. é só isso que interessa.. a malta ser feliz.. querem casar? Casem para aí à vontade como se não houvesse amanhã! Querem adoptar? Adoptem à vontade! São felizes dessa maneira? Então sejam felizes.. nada mais interessa.

E atenção a minha opinião pessoal não influencia em nada no desempenho do meu trabalho, já trabalhei com malta homossexual e heterossexual e nunca se pôs isso em causa sequer..

Um bem haja a todos..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>